FGV: Inflação diminui na semana e atinge menor índice desde dezembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007 as 12:27, por: cdb

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor semanal (IPC-S) recuou na segunda prévia de fevereiro e ficou em 0,54%. O resultado foi 0,18 ponto percentual inferior ao registrado na abertura do mês (0,72%). De acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o índice foi o mais baixo desde a terceira semana de dezembro, quando os preços variaram 0,47%.

O IPC-S monitora os preços dos produtos mais comuns para as famílias brasileiras. Segundo a FGV, todas as sete classes que compõem o índice apresentaram decréscimos em suas taxas de variação. As principais contribuições para a desaceleração vieram de Alimentação, que passou de 1,85% para 1,58%, e Educação, Leitura e Recreação, de1, 71% para 0,84%. Juntas, essas duas classes foram responsáveis por mais de 80% da redução apresentada pela taxa.

Conforme informou a FGV, em Alimentação, os principais recuos foram observados em itens de grande peso no orçamento das famílias, como aves e ovos (-0,53% para-0,73%), carnes bovinas (-1,34% para -1,86%) e arroz e feijão (-1,13para -1,74%). Já em Educação, Leitura e Recreação, o movimento foi influenciado pelo menor impacto dos reajustes referentes às mensalidades escolares, como cursos formais, cuja taxa passou de 3,25%para 1,72%.Os preços de Habitação (0,12% para 0,08%), com destaque para empregados domésticos e reparos de residência, e Vestuário (-2,21% para -2,33%), influenciado por roupas e calçados, também contribuíram para o recuo do IPC-S neste levantamento.

Já os preços de Despesas Diversas (0,17% para 0,11%), Saúde e Cuidados pessoais (0,26% para 0,22%) e Transportes (0,91% para 0,89%)registraram pequenos movimentos em suas taxas.A segunda prévia do IPC-S foi calculada com base na variação dos preços entre os dias 16de janeiro e 15 de fevereiro, comparada ao registrado entre os dias 16de dezembro e 2006 e 15 de janeiro de 2007.