Festa marca retomada da remoção do lodo da Lagoa Rodrigo de Freitas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 3 de outubro de 2003 as 11:04, por: cdb
Atualizado em 13/11/16 11:37

Uma grande festa para marcar várias ações do governo do estado na Lagoa Rodrigo de Freitas, neste sábado de manhã. A programação começa às 10h com o início da remoção do lodo ativo da lagoa e termina com a inauguração do Centro Cultural das Águas, passando pela comemoração do Dia Internacional da Ecologia, Natureza, Animais e de São Francisco de Assis.

Representando a governadora Rosinha Garotinho, o vice-governador e secretário do Meio-Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Luiz Paulo Conde, participa da festa e ajudará a escolher os nomes das quatro mascotes criadas pela Superintendência Estadual de Rios e Lagoas (Serla), que serão utilizadas nas campanhas de educação ambiental do órgão.

As mascotes são um peixe-fêmea, um caranguejo, um camarão e um sapo que ilustrarão os folhetos das campanhas da Serla.

Durante a votação, quatro atores vestidos com as fantasias das mascotes convocarão pessoas presentes a participar da escolha e explicarão a importância do meio ambiente para crianças e adultos.

Para a retomada da remoção do lodo ativo, paralisadas na administração passada, a governadora Rosinha Garotinho autorizou a liberação de R$ 873.426,00.

O término da remoção está previsto para o final do primeiro semestre de 2004. Uma técnica especial aplicada pela empresa contratada para o trabalho vai retirar 214 mil metros cúbicos de lodo asem causar turbilhonamento para não causar a falta de oxigênio na água e, conseqüentemente, a mortandade de peixes.

O processo prevê que a remoção seja realizada através de bombeamento pneumático, o que evita impactos e ainda promove um processo de seleção, escolhendo-se a camada de lodo que se quer retirar.

Depois de ativar a draga que removerá o lodo da lagoa, Conde e o presidente da Serla, Ícaro Moreno Júnior, inauguram o Centro Cultural das Águas próximo ao Parque dos Patins.

O evento contará com a participação do Coral Despertar, do Abrigo Teresa de Jesus, que cantará a Oração de São Francisco, e da apresentação de uma peça de teatro encenada por crianças carentes do Projeto Curicica do Amanhã.

Quem comparecer deverá levar um quilo de alimento em favor das duas entidades que, juntas, auxiliam 300 menores.

O Centro Cultural das Águas será dedicado ao conhecimento e à discussão dos recursos hídricos. Nele, serão promovidos ciclos de palestras de ambientalistas, eventos de educação ambiental e exposições permanentes sobre meio ambiente.

O local contará com material de informática, que compreende acervo de universidades, ambientalistas e demais órgãos do estado, para que as pessoas possam consultar e pesquisar.

As pessoas poderão fazer também sugestões, bastando acessar, no local, ao site www.serla.rj.gov.br. Nesse mesmo site estarão disponibilizadas todas as informações e programação do centro. A entrada é gratuita.