Festa da virada na Avenida Paulista deve atrair mais de 2 milhões de pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 as 15:40, por: cdb

São Paulo – Mais de 2 milhões de pessoas devem participar da 14ª edição da festa da virada de ano na Avenida Paulista, em São Paulo, que começará às 20h do dia 31 e com previsão de acabar às 2h30 do dia 1º.

Para este ano, os organizadores criaram o slogan São Paulo, a Nossa Obra de Arte, que foi inspirado numa frase do líder pacifista indiano Mahatma Gandhi: “A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte”.

Seis atrações vão animar o show da virada na Paulista: Barra da Saia, Fiuk e Banda Hori, Fábio Jr, Zezé di Camargo e Luciano, Capital Inicial e a Rosas de Ouro, escola de samba campeã do carnaval de São Paulo deste ano. A queima de fogos terá a duração de 15 minutos.

Cerca de 2,9 mil agentes da Polícia Militar, da Guarda Civil Metropolitana, da Companhia de Engenharia do Tráfego (CET) farão a segurança do evento. A Avenida Paulista será totalmente gradeada com mais de 10 quilômetros de estruturas metálicas. Será proibido o acesso de pessoas, na área da festa, portando materiais cortantes ou pontiagudos, garrafas e fogos de artifício.

Para chegar ao evento, o metrô vai operar ininterruptamente as linhas Azul, Verde e Vermelha durante todo o dia 31 e madrugada do dia 1º. As estações estarão abertas para embarque e desembarque até as 2h da manhã. Depois desse horário, o embarque será feito apenas nas estações Paraíso, Brigadeiro e Consolação.

A festa da virada de ano na Avenida Paulista foi criada em 1996, atraindo um público de 200 mil pessoas. Em 2001, passou a integrar o calendário oficial da cidade de São Paulo. No ano passado, os organizadores do evento calcularam a presença de 2,4 milhões de pessoas.

 

Edição: Aécio Amado