Festa completa no Maracanã

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de julho de 2002 as 15:04, por: cdb

O Fluminense venceu o Toluca, do México, pelo amistoso em comemoração do seu centenário, por 3×1. Os gols foram marcados por Roni e Magno Alves (2) para o Tricolor e Garcia descontou para os mexicanos. Na preliminar, o time de veteranos do Fluminense goleou por 7×4 o time formado por jornalistas e artistas. Gols de Washington (3), Cláudio Adão (2), Delei e Assis.

A festa do centenário começou com a entrega da faixa de Campeão Carioca 2002 entregues pelos jogadores do Toluca. Logo em seguida, dezenas de crianças soltaram balões com as cores do clube: verde, branco e grená. Por conta disso, o amistoso atrasou meia hora.

No primeiro tempo, o clube carioca jogou com o uniforme nas cores branca e cinza, o primeiro de sua história. Já na segunda parte do jogo, os jogadores vestiram a camisa lançada em comemoração dos 100 anos do clube, de cor laranja.

A primeira oportunidade de gol foi dos donos da festa, com Magno Alves chutando cruzado, mas a bola desviou em um zagueiro mexicano e foi para a linha de fundo. Agnaldo também desperdiçou boa chance de abrir o marcador.

Aos 29 minutos, para a alegria dos poucos presentes, Roni marcou o primeiro gol do Fluminense na partida, aproveitando cruzamento da direita feito por Magno Alves. Aos 38 foi a vez de Roni retribuir, o atacante rolou a bola e Magno Alves fez mais um para o Tricolor.

O clube carioca continuou dominando o jogo no segundo tempo e logo no início, aos 9 minutos, marcou o terceiro gol, com Magno Alves encobrindo o goleiro Cristante. Esse foi o gol de número 99 do atacante pelo clube carioca. Alguns minutos depois, Garcia cobrou bela falta e diminuiu para o Toluca.

Já no fim do jogo, Roni foi substituído por Júlio César. A torcida vaiou o atacante que perdeu um pênalti na derrota do Fluminense por 1×0 para o Palmeiras, no dia 21/07. Porém, a festa da torcida tricolor ficou completa ao saber que o Flamengo fora eliminado da Copa dos Campões pelo Cruzeiro, por 2×1, em Fortaleza.

FLUMINENSE 3 x 1 TOLUCA

Fluminense
Murilo (Fernando Henrique); Flávio, César, Régis (Zé Carlos) e Marquinhos; Fabinho, Marcão e Fernando Diniz (Yan); Roni (Júlio César), Magno e Agnaldo (Carlos Alberto)
Técnico: Robertinho

Toluca
Cristante (Albarran); Carmona, Ramírez (Edgar Garcia), Espinosa e Viades; López, Valdez (González), Garcia e Sinha; Cardozo (Volce) e Sanchez
Técnico: Ricardo La Volpe

Data: 24/7/2002 (quarta-feira)
Local: Maracanã
Público: 8.340 pagantes
Renda: R$ 74.590
Juiz: Edílson Soares da Silva
Cartões amarelos: Fernando Diniz, López e Regis
Gols: Roni, aos 29min e Magno Alves, aos 38min do primeiro tempo; Magno Alves, aos 5min, Garcia, aos 13min do segundo tempo