Felipe ganha na FIFA indenização do Galatasaray

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de março de 2003 as 21:05, por: cdb

O meia Felipe, do Flamengo, ganhou a batalha que travava na Fifa com o Galatasaray, da Turquia, clube que defendeu no segundo semestre de 2002 e de onde saiu por ficar sem receber salários.

O departamento de disputas e resoluções da Fifa decidiu, por unanimidade, que o clube turco é culpado pela quebra de contrato com o jogador. Desta forma, Felipe não tem mais nenhum vínculo com o Galatasaray, que ainda será obrigado a pagar uma indenização, cujo valor ainda será definido.

O advogado do jogador, Marcos Motta, explicou que o Galatasaray ainda tem direito a entrar com um recurso, mas disse ser praticamente impossível uma reviravolta no caso.

“O presidente do departamento de disputa e resoluções, assim como os outros três membros que fazem parte dele, entenderam que o clube não cumpriu o que estava no contrato do jogador. Portanto, Felipe está livre para dar seqüência à sua carreira com tranqüilidade”, esclareceu Motta.

Essa é a segunda vez que Felipe obtém uma vitória na Fifa. Em 2001, a entidade máxima do futebol mundial condenou o Roma, da Itália, a indenizar o jogador em US$ 200 mil – o Vasco também recebeu o mesmo valor. Em 1999, o clube italiano fechou a contratação de Felipe, destaque do Vasco na conquista do Brasileiro de 97 e da Copa Libertadores de 98, mas desistiu quando toda a documentação já havia sido assinada.

“Clodoaldo matador”

O Flamengo está negociando com o Fortaleza a contratação do meia Clodoaldo, destaque da equipe na temporada, para a disputa do Campeonato Brasileiro. O jogador, que ganhou dos torcedores uma música em ritmo funk, é assessorado pela empresária Marlene Mattos, a mesma que cuida dos interesses do meia Roger, ex-Fluminense e hoje no Benfica, de Portugal.