Felipão convoca Kaká e deixa Romário

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 24 de janeiro de 2002 as 00:59, por: cdb

O técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, conseguiu surpreender e decepcionar os torcedores nesta quarta-feira, ao anunciar a convocação para o primeiro amistoso preparatório para a Copa do Mundo de 2002, contra a Bolívia, dia 31, em Goiânia. Ao contrário do que era esperado, o treinador voltou a esnobar o atacante Romário, do Vasco, optando pela presença de novos atletas no time, como o meia Kaká, do São Paulo, o zagueiro Daniel, do São Caetano, e o lateral-esquerdo Kléber, do Corinthians. Scolari usou a opção técnica para justificar a ausência de Romário. Segundo o treinador, sua convocação “não era interessante neste momento e a idéia foi aproveitar a oportunidade para observar novos jogadores”.

Enquanto ignorou Romário, deixando-o de fora da lista com os melhores jogadores do Brasil, já que não podia chamar atletas que atuam por clubes estrangeiros (dia 31 não é uma data prevista pela Fifa para a realização de amistosos), Scolari depositou suas esperanças em Kaká. O treinador elogioou o jogador do São Paulo e antecipou que, além do atacante Ronaldo, da Internazionale de Milão, a tendência é a de que o nome do meia, de apenas 19 anos, esteja na lista de convocados para o segundo amistoso da seleção, contra a Arábia Saudita, em Riad, no dia 6.

“Me parece que o aspecto cultural do Kaká não vai deixar que a convocação interfira negativamente em sua vida”, disse Scolari. Outras novidades da lista de 18 convocados foram o goleiro Júlio César, do Flamengo, o lateral-esquerdo Paulo César, do Fluminense, o zagueiro Anderson Polga, do Grêmio, o volante Kleberson, do Atlético Paranaense, além do meia Esquerdinha, do Santos. Destaque ainda para os retornos de Luizão, do Corinthians, Marques, do Atlético Mineiro, e Washington, da Ponte Preta.

O técnico da seleção brasileira frisou que a ausência de nomes como o do goleiro Marcos, do Palmeiras, e do volante Vampeta, do Corinthians, foram ocasionadas pelo seu desejo de observar novos atletas. Além disso, problemas de contusão e atletas que voltaram há pouco tempo a treinar também interferiram na elaboração da lista.

Apesar das novidades, Scolari garantiu que 70% do elenco para a disputa da Copa do Mundo de 2002 já está decidido. Lembrou que além dos “estrangeiros”, jogadores como Vampeta, o goleiro Dida, do Corinthians, o zagueiro Juan e Juninho Paulista, ambos do Flamengo, o lateral-direito Beletti, do São Paulo e Edílson, do Cruzeiro, são presenças constantes em suas listas e, por isso, estão praticamente assegurados para a Copa do Mundo.

Para o amistoso contra a Bolívia, os jogadores se apresentarão entre a noite de domingo e a manhã de segunda, no Aeroporto de Goiânia. Os treinos serão realizados já na tarde de segunda-feira.

Confira a lista dos convocados:

Goleiros: Dida (Corinthians) e Júlio César (Flamengo)

Laterais: Belletti (São Paulo), Paulo César (Fluminense) e Kléber (Corinthians)

Zagueiros: Juan (Flamengo), Cris (Cruzeiro), Anderson Polga (Grêmio) e Daniel (São Caetano)

Volantes: Gilberto Silva (Atlético-MG) e Kléberson (Atlético Paranaense)

Meio-campistas: Juninho Paulista (Flamengo), Kaká (São Paulo) e Esquerdinha (Santos).

Atacantes: Edílson (Cruzeiro), Marques (Atlético-MG), Luizão (Corinthians) e Washington (Ponte Preta).