Fatos em Foco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 31 de março de 2011 as 13:41, por: cdb

Serviçal Vip

O que todo mundo desconfiava há anos, acabou confirmado pelos documentos dos embaixadores dos Estados Unidos divulgados pelo site Wikileaks: o ex-presidente do Banco Central do Brasil, o tucano-peemedebista Henrique Meirelles, não passa de um subserviente lobista das empresas estadunidenses, acima de quaisquer interesses brasileiros. E o quinta-coluna continua prestigiado pelos governos petistas!

Violência Estatal

Em nome da especulação imobiliária, as autoridades de Belo Horizonte e do Estado de Minas Gerais estão usando todas as armas, inclusive a ameaça de repressão policial, para despejar um total de 1.200 famílias sem-teto, que desde 2008 constituíram a Comunidade Camilo Torres, depois a Comunidade Dandara e a Comunidade Irmã Dorothy em áreas desocupadas da capital mineira. Chega de violência, pelo direito à moradia!

Belo Monte

Sob o título “Belo Monte: o diálogo que não houve”, Dom Erwin Krautler, presidente do Conselho Indigenista Missionário, distribuiu carta aberta na qual reafirma que “até o presente momento os índios não foram ouvidos” sobre a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, responsabiliza o governo federal pela falta de diálogo e termina com a seguinte declaração: “Jamais aceitaremos esse projeto de morte”. A luta continua!

Reação Firme

Convocada por sindicatos de trabalhadores, manifestação de protesto reuniu mais de 250 mil nas ruas. Foi sábado, dia 26, em Londres, Inglaterra. Eles reclamam do corte de investimentos públicos (6% do PIB) e do alto índice de desemprego (7,9% da PEA). Aqui no Brasil a situação é agravada pelo arrocho salarial e a brutal informalidade, mas as centrais sindicais continuam dormindo em berço esplêndido. Até quando?

Guerra Cultural

Bombardeada por desafetos e concorrentes desde antes de assumir o Ministério da Cultura, a ministra Ana de Hollanda desabafou para o jornal O Estado de S. Paulo (27.03.2011): “Confesso que o jogo é mais violento do que eu imaginava. Porque esses movimentos organizados agiram com uma agressividade muito grande. E estão agindo ainda”. Tem tudo a ver com regulação dos direitos autorais e sustentação dos pontos de cultura.

Luta Judicial

A 17ª Vara Judiciária do Distrito Federal julgou procedentes as multas aplicadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres na empresa de alimentos Sadia S.A., por não ter pagado aos caminhoneiros autônomos os valores dos pedágios. A empresa tentou burlar a Lei 10.029/01 – que considera as despesas com pedágio por conta de quem contrata o transporte – mas se deu mal. Ponto para os caminhoneiros!

Valor Irreal

Parece piada, mas não é: o Tribunal Superior do Trabalho tem uma espécie de tabela de valores para aplicação nas ações indenizatórias movidas por trabalhadores. No caso dos canavieiros que trabalham em propriedades sem as mínimas condições de higiene (ausência de local para guardar e aquecer a comida, falta de banheiros, falta de água potável etc.), a tabela indica indenização de R$3.000,00, não importa o tempo de trabalho. Pode?

Ameaça Mortal

A irmã Henriqueta Cavalcante, da Comissão de Justiça e Paz no Pará e Amapá, faz novo apelo às autoridades sobre pessoas ameaçadas de morte. “Estou em situação de vulnerabilidade total. Trabalho contra as redes de pedofilia, tráfico de seres humanos e de drogas, trabalho escravo e piratarias nos rios do Pará. Já me reuni com o secretário de segurança do Pará duas vezes, e ele alega falta de policiais”, explicou a irmã.

Tro-ló-ló

Dominada por deputados estaduais governistas, a Assembléia Legislativa de São Paulo está há muitos anos totalmente omissa diante dos problemas mais sérios do Estado. Agora, para comprovar a inexpressividade, aprovou cinco CPIs de assuntos genéricos como o consumo abusivo de álcool, a remuneração dos médicos, a situação do ensino superior privado etc. É só para ocupar espaço e impedir a investigação de denúncias reais contra o governo.