Fatah defende cessar-fogo entre palestinos e israelenses

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 6 de fevereiro de 2005 as 20:11, por: cdb

O movimento Fatah, do presidente Mahmoud Abbas, defendeu novamente neste domingo mútuo cessar-fogo com Israel, dando ainda mais força ao líder palestino antes do crucial encontro no Egito. Por meio de cominicado, os 124 membros do Conselho Revolucionário Fatah informaram que seus militares cessariam os ataques a civis israelenses dentro de Israel e poderiam estar prontos para um mútuo cessar-fogo no território ocupado em 1967.

A violência recuou nas últimas semanas em Israel. Enquanto Fatah previamente concordou com mútuo acordo com Israel, a declaração que saiu após os dois dias de encontro na Faixa de Gaza fortaleceu Abbas em seus esforços de persuadir os grupos militantes islâmicos para um acordo e obter mais confiança diante de Israel antes do econtro de terça-feira.

Israel e os palestinos disseram que esperam declarar o fim formal para mais de quatro anos de violência no encontro em Sharm el-Sheikh, entre Abbas, o primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, o presidente do Egito, Hosni Mubarak, e o rei da Jordânia, Abdullah.