Família real em silêncio no aniversário da morte da Princesa Diana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 31 de agosto de 2001 as 19:34, por: cdb

O quarto aniversário da morte da princesa Diana passou praticamente despercebido hoje em toda a Grã-Bretanha, tanqo que os jornais simplesmente ignoraram o tema e não houve homenagem oficial ou manifestações públicas da família real britânica.

Um porta-voz do Palácio de St. James disse que os filhos de Diana, príncipes William, de 19 anos, Harry, de 16, “lembraram a data à sua maneira, sem visitas ao túmulo”. O príncipe Charles, herdeiro do trono ex-marido de Diana, passa férias na Escócia.

O único ato publico (e assim mesmo breve) ocorreu em Leiscestershire National Forest, centro da Inglaterra, onde as autoridades locais deram o nome de princesa a um bosque. A princesa foi lembrada também pelo Fundo Memorial Diana, que concede ajuda financeira a pessoas carentes no mundo.

A princesa morreu em 31 de agosto de 1997 num acidente de automóvel em Paris com seu namorado Dodi al-Fayed. O pai dele, o magnata egípcio Mohamed al-Fayed, voltou a afirmar que o casal foi assassinado pelo serviço secreto britânico numa conspiração liderada pelo príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II. “Foi por racismo. Eles não admitiam que Diana se casasse com um árabe muçulmano.”