Família extraditada da França chega ao Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de abril de 2004 as 09:44, por: cdb

A família brasileira que foi obrigada a deixar a França por determinação da Justiça desembarcou nesta manhã no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Eles vieram em vôos separados, mas chegaram praticamente na mesma hora. Odair Oliveira de Souza, sua mulher Marta e seus dois filhos fizeram uma viagem de 11 horas sob os olhares da imigração francesa, que escalou oito policiais para acompanhar a família.

A Justiça de Lyon, cidade onde a família morava, determinou o retorno da família brasileira, mas deixou as portas abertas para que eles retornem assim que conseguirem visto de permanência na embaixada francesa aqui no Brasil.

O ex-patrão de Odair promete ajudar para que a família retorne à França o mais rápido possível. O brasileiro trabalhava em um haras em troca de casa, comida, pagamento das despesas e um salário mínimo francês, que equivale a R$ 4 mil.

De Guarulhos, a família seguiu para o Aeroporto de Congonhas, de onde embarcam em um vôo para Goiânia, cidade onde a família vivia antes de se mudar para a França. Ontem, horas antes de ser extraditado, Odair Vieira de Souza teve que ajudar a transferir os cavalos do haras que administrava, porque o patrão não tem um substituto para cuidar dos animais. “Agora eu vou ter que providenciar todos os documentos para regularizar a situação de toda a família e trazer Odair de volta o mais rápido possível”, disse o dono do haras.