Família de irmã Dorothy dá entrevista coletiva

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de dezembro de 2005 as 11:29, por: cdb

A família da missionária Dorothy Stang, assassinada no início do ano no Pará, concedeu entrevista coletiva à imprensa, nesta quinta-feira, na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Belém.

Também participaram da entrevista trabalhadores rurais e defensores de direitos humanos que atuam em Anapu, que estão ameaçados; representantes da Comissão Pastoral da Terra, e das organizações Terra de Direitos e Justiça Global.

O tema da entrevista será o julgamento de Rayfran das Neves e Clodoaldo Carlos Batista, acusados do crime, no dia 12 de fevereiro deste ano, que acontecerá em Belém, previsto para sexta-feira e sábado.

Também será feito um relato das condições em que vivem os defensores de direitos humanos em Anapu.

Está previsto ainda o lançamento do relatório Violação dos Direitos Humanos na Amazônia: Conflito e Violência na Fronteira Paraense.

Além de falar sobre o julgamento dos acusados de matar a religiosa, os trabalhadores rurais e defensores de direitos humanos ameaçados falarão a respeito do contexto vivido em Anapu.

A Comissão Pastoral da Terra, a Terra de Direitos e a Justiça Global farão, ainda, o lançamento do Relatório ‘Violação dos Direitos Humanos na Amazônia: Conflito e Violência na Fronteira Paraense’.