Exposição de pinturas japonesas fará parte do calendário do Espaço Cultural do STJ em 2013

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de novembro de 2012 as 12:59, por: cdb

Na manhã desta quarta-feira (28), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer, recebeu a visita do embaixador japonês Akira Miwa. Ele veio apresentar detalhes da exposição de pinturas japonesas que fará parte da programação do Espaço Cultural do STJ no primeiro semestre do próximo ano. O ministro aposentado Massami Uyeda também participou do encontro.

O embaixador destacou que os quadros foram desenhados por sua esposa, a embaixatriz Konomi Miwa. “Minha esposa é pintora. Todo fim de semana ela vai à Ceasa comprar orquídeas. Assim, ela começou a pintar uma série de quadros da flor. O presidente do STJ nos convidou para apresentar esse trabalho no Espaço Cultural do Tribunal e nós achamos interessante mostrar ao povo brasileiro a maneira japonesa com que ela desenha”, afirmou.

O ministro aposentado Massami Uyeda vê com muita satisfação a preocupação do STJ em se integrar com a sociedade. “A arte é a manifestação mais refinada, mais sensível da cultura de um povo. O direito também faz parte da cultura do povo. O STJ, com muita frequência, no seu espaço de exposição, tem acolhido artistas com várias tendências e isso serve como uma amostra de que o magistrado é um ser humano com muita sensibilidade”, ressaltou.

Segundo o ministro, esta iniciativa é uma homenagem que se faz à sociedade e à cultura do Brasil.

Fotos:

O embaixador Akira Miwa, o ministro Felix Fischer e o ministro Massami Uyeda, durante o encontro na presidência do STJ. 

Akira Miwa mostra ao presidente do STJ um dos quadros produzidos pela embaixatriz.