Exportações brasileiras crescem 20,5% e importações 9,4%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de novembro de 2003 as 16:58, por: cdb

As exportações brasileiras, na segunda semana de novembro, aumentaram em média 20,5%, em relação ao mesmo período do ano passado. Com o resultado, o saldo positivo de novembro já acumula US$ 553 milhões. No acumulado do ano, o superávit da balança comercial brasileira já supera os US$ 21,3 bilhões.

Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), as exportações diárias médias somaram, na semana passada, US$ 309 milhões, enquanto o movimento total médio de vendas externas diárias totalizou US$ 256,4 milhões em novembro de 2002. As vendas de produtos básicos – petróleo bruto, carnes bovina, suína e de frango, soja em grãos, farelo de soja e minério de ferro – aumentaram 31,8%, enquanto as exportações de manufaturados – óxidos e hidróxidos de alumínio, fio-máquina de ferro e aço, tratores, chassis com motor, gasolina, polímeros de etileno, aviões, autopeças, móveis e partes, laminados planos, veículos de carga, pneumáticos, açúcar refinado, e bombas e compressores – cresceram 22%, em relação ao mesmo período do ano passado. O comércio de semimanufaturados manteve-se praticamente estável, com incremento de 0,2%, em relação a novembro de 2002.

As importações também aumentaram. Cresceram 9,4%, em relação ao mesmo período do ano passado. Os maiores gastos ocorreram na compra de adubos e fertilizantes (24,6%), equipamentos mecânicos (17,6%), cereais e produtos de moagem (13%), plásticos e obras (11,2%), siderúrgicos (9,6%), instrumentos de ótica e precisão (8,2%), químicos orgânicos e inorgânicos (7,8%) e combustíveis lubrificantes (5,4%).