Explosão em fábrica nos EUA mata pelo menos oito pessoas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de janeiro de 2003 as 22:28, por: cdb

Uma explosão em uma indústria farmacêutica na cidade de Kinston, no Estado americano da Carolina do Norte, deixou pelo menos oito mortos e 11 feridos.

O incidente ocorreu por volta das 14h, hora local (17h em Brasília) numa fábrica da empresa West Pharmaceuticals, que produz seringas e outros utensílios médicos de plástico.

De acordo com testemunhas, a explosão lançou destroços do teto e outros pedaços da fábrica a mais de cem metros de distância, provocando incêndios no prédio e em uma floresta próxima.

Uma funcionária de um hospital local afirmou que 11 pessoas foram internadas, cinco delas com queimaduras graves. Ela confirmou também que oito pessoas tinham morrido.

Desaparecidos

Acredita-se que pelo menos 200 pessoas trabalhavam na fábrica no momento da explosão, e que cerca de dez empregados continuam presos no prédio. Outros 20 estão desaparecidos, segundo o jornal The Free Press.

As autoridades ainda não descobriram a causa do acidente e a batalha contra o fogo continua. Os bombeiros ainda não conseguiram chegar à área mais atingida pela explosão, onde várias pessoas estavam trabalhando.

“Todo o prédio foi destruído. Não vai dar para salvar nenhuma parte dele”, afirmou um morador vizinho à fábrica à rede de TV Fox News.

Há relatos de vítimas que fugiram com queimaduras nas mãos e nas costas.

Bombeiros e equipes de resgate de emergência estão no local e contam com o apoio de sete helicópteros para remover os feridos.

A fumaça causada pelo incêndio pode ser vista a uma distância de quase 50 km.

As escolas e estabelecimentos das proximidades foram fechados e os parentes dos empregados da West Pharmaceuticals estão reunidos em uma igreja próxima.