Explosão de mina mata um soldado e fere um oficial na Macedônia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 17 de junho de 2003 as 16:33, por: cdb

A explosão de uma mina anti-pessoal provocou nesta terça-feira a morte de um soldado e feriu um oficial do exército macedónio perto da fronteira com o Kosovo, disse um porta-voz do Ministério da Defesa da Macedónia.

As vítimas seguiam numa viatura militar que “chocou com uma mina colocada na estrada”, referiu Marjan Gjurovski.

Segundo o porta-voz, o oficial ferido não se encontra em perigo de vida.

Para Gjurovski, o incidente, que ocorreu a cerca de 10 quilómetros da zona fronteiriça de Straza, na região de Kumanovo, “é um clássico acto terrorista”.

Em 2001, a região de Kumanovo foi palco de intensos combates entre a guerrilha albanesa e as forças de segurança, tendo o conflito terminado com a assinatura de um acordo de paz.

Desde o final do conflito, têm ocorrido vários atentados contra membros do exército e polícia, maioritariamente reivindicados pelo grupo separatista rebelde Exército Nacional Albanês (AKSH), que rejeitou o plano de paz.

Uma missão militar da União Europeia (UE), denominada “Concórdia”, encontra-se na Macedónia para verificar a aplicação do acordo de paz de 2001, assinado pelas principais forças políticas macedónias e albanesas, e a segurança dos observadores internacionais.

Entre os dois milhões de habitantes da Macedónia, 23% é de origem albanesa.