Explosão causa ferimentos em oito paquistaneses

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de março de 2006 as 12:24, por: cdb

Oito pessoas sairam feridas da explosão de uma bomba em Peshawar, oeste do Paquistão, nesta terça-feira, horas depois que os Estados Unidos fecharam temporariamente seu consulado na cidade devido a uma ameaça. Os explosivos foram deixados debaixo de uma motocicleta estacionada em um ponto próximo do mercado lotado no centro da cidade, segundo a polícia.

– Foi um artefato explosivo deixado debaixo de uma motocicleta. Não houve vítimas (…) mas oito pessoas ficaram gravemente feridas – afirmou o superintendente da polícia de Peshawar, Riffat Pasha.

Anteriormente, um porta-voz da Embaixada americana em Islamabad havia anunciado o fechamento temporário do consulado em Peshawar, capital da Província Noroeste do país, devido a uma ameaça de bomba.

Revolta

Na noite desta segunda-feira, ao menos 23 pessoas morreram e outras sete ficaram feridas em confrontos entre partidários de clérigos muçulmanos rivais no noroeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão.

Os enfrentamentos ocorreram na aldeia tribal de Nala, na região de Khyber, a oeste de Peshawar.

Segundo fontes policiais em Peshawar, alguns habitantes da aldeia atacaram outros residentes depois de o Mufti Munir Shakir ter insultado, durante as orações de sexta-feira [dia sagrado muçulmano] o clérigo Pir Saifur Rehman e seus partidários.

A polícia declarou que os dois ulemás retornaram à região há duas semanas e retomaram os confrontos. Oficiais tentam agora deter os clérigos –ambos sunitas– já que os enfrentamentos foram aparentemente contidos.