Exército americano diz que destruiu prédio com 200 paramilitares

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 29 de março de 2003 as 16:19, por: cdb

Um porta-voz das autoridades militares americanas afirmou que dois aviões de combate bombardearam um prédio na cidade de Basra após receberem a informação de que 200 membros de uma força paramilitar iraquiana estavam reunidos no local.

O correspondente da BBC no Comando Central das forças americanas no Catar, Peter Hunt, diz que os Estados Unidos acreditam que a operação foi um sucesso: o prédio teria sido destruído e a maioria dos paramilitares iraquianos no local, se não todos, teria morrido.

Até o momento, no entanto, não há confirmação independente sobre os detalhes do alvo atingido.

Também em Basra, o Ministério britânico da Defesa revelou que um soldado morreu e outros quatro ficaram feridos em um incidente que, de acordo com as autoridades, pode ter sido causado por um “ataque acidental” de um avião de combate americano.

Outros bombardeios

As forças americanas e britânicas também realizaram novos bombardeios na cidade de Mosul, no norte do Iraque, e na região de Nasiriyah, ponto estratégico para a travessia do Rio Eufrates no sul do país.

O correspondente da BBC em Nasiriyah, Andrew North, afirma que os fuzileiros navais americanos também iniciaram uma nova onda de disparos de artilharia contra alvos iraquianos na cidade.

De acordo com North, ainda é praticamente impossível avaliar os estragos provocados por uma semana de bombardeios em Nasiriyah.

A agência francesa de notícias AFP informa que um comandante da Força Aérea americana teria revelado que helicópteros atacaram a cidade sagrada xiita de Karbala, a cerca de 80 quilômetros de Bagdá.

Segundo o comandante entrevistado pela AFP, os pilotos americanos foram instruídos a evitar atingir qualquer local religioso na cidade.