Executado na Geórgia o assassino de um estudante

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de janeiro de 2005 as 02:14, por: cdb

Um homem que assassinou um estudante há 12 anos foi executado na terça-feira com uma injeção letal, anunciaram as autoridades do estado da Geórgia (EUA). Timothy Don Carr, de 34 anos, recebeu o castigo pela morte de Keith Young, de 17 anos, a quem matou com um taco de beisebol no momento em que este pedia para que não o machucasse.
 
A execução aconteceu depois de confirmada a rejeição de apelações e pedidos de clemência apresentadas no final por seus advogados.

Durante o julgamento, os promotores alegaram que Carr e sua namorada Melissa Burgeson, junto com dois menores de idade, levaram Young a uma zona remota do sul de Atlanta em seu próprio automóvel. A pedido da mulher, Carr degolou o rapaz e depois o matou com o taco.

Os menores de idade, que se apresentaram como testemunhas de acusação durante o julgamento, foram julgados em uma corte juvenil e Burgeson foi condenada à prisão perpétua. A execução de Carr foi a primeira de duas previstas para a terça-feira nos Estados Unidos.

Ainda hoje será executado no Texas Troy Kunkle, um fã de hard rock, que assassinou um homem para roubar 13 dólares.