Execução de assassino é adiada em Virgínia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 22:35, por: cdb

O governador do estado americano de Virgínia, Mark Warner, adiou nesta terça-feira a execução de um homem declarado culpado de estuprar e assassinar uma florista de 22 anos em 1997, segundo informações oficiais.

Um porta-voz do governador assinalou que a decisão permitirá que Bobby Wayne Swisher peça ao Tribunal Supremo uma investigação sobre a forma do veredicto que foi utilizada contra ele.

O governador assinalou que a nova data prevista para a execução é o próximo dia 22 de julho a espera de uma decisão sobre o veredicto.

Swisher assumiu a culpa do assassinato de Dawn McNees Snyder, uma vendedora de 22 anos, depois de seqüestrá-la em sua loja no dia 5 de fevereiro de 1997.

O Tribunal Supremo de Virgínia assinalou que Swisher tinha sido condenado a morte mediante um veredicto que não lhe ofereceu a possibilidade de cadeia perpétua.

Os advogados do condenado disseram que tinham solicitado a Warner um perdão condicional de seu cliente com o objetivo de que um novo jurado utilize uma forma válida de sentença.

A justiça americana tinha previsto executar esta noite outro assassino no estado de Oklahoma. Lewis Eugene Gilbert receberá uma injeção letal pelo assassinato de uma mulher no dia 3 de setembro de 1994.