Evo Morales pede que Estados Unidos diminuam consumo de cocaína

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de novembro de 2006 as 19:17, por: cdb

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou nesta quinta-feira que os Estados Unidos devem reduzir seu consumo de cocaína antes de exigir a eliminação dos cultivos da folha de coca em território boliviano. Esta foi a reposta de Morales ao embaixador americano Philip Goldberg, que afirmou que as plantações ilegais de coca na Bolívia devem ser destruídas.

Goldberg, que estava na cidade de Tarija, voltou a afirmar que as autoridades bolivianas têm que “fazer algo para controlar o crescimento da folha de coca” no país. O presidente Morales respondeu que compreende a preocupação do governo dos Estados Unidos, mas que, antes de fazer exigências aos países produtores de coca, deve diminuir a demanda de entorpecentes.

– Gostaria de pedir que os Estados Unidos reduzam a demanda (de cocaína), caso não queiram que haja coca excedente -, declarou o governante.

Morales disse que, “por mais que os companheiros façam o esforço de uma redução voluntária e arrumada, caso eles (EUA) não reduzam o mercado de demanda, continuará havendo coca que se destine para a ilegalidade”.

Morales pediu que o governo de George W. Bush “não fique apenas preocupado com a coca excedente, mas se preocupe com a demanda e o mercado” da droga em sua própria nação.