Eventos vão comemorar os 80 anos do Cristo Redentor

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de outubro de 2011 as 12:19, por: cdb
O Cristo Redentor, que do alto do Corcovado abençoa todo o Rio, estará sendo homenageado por vários eventos

Na próxima quarta-feira, o monumento do Cristo Redentor, uma das maiores atrações do Rio de Janeiro, além de ser considerado uma das novas sete maravilhas do mundo moderno estará completando 80 anos.

O Cristo Redentor, que do alto do Corcovado abençoa todo o Rio, estará sendo homenageado por vários eventos ao longo da semana, mas a grande privilegiada pelas homenagens será a população carioca e os visitantes que estiverem pela cidade.

Ações sociais, eventos religiosos e shows marcarão os festejos. Este fim de semana já será todo de festa. Ação social, no sábado, e evento religioso, no domingo, preparam os corações para a grande data. A Sociedade dos Amigos da Rua da Carioca (Sarca) vai oferecer como presente de aniversário um bolo de oito metros.

Já neste sábado, acontecerá a Ação de Amor do Cristo Redentor, na Estrada Manoel Nogueira de Sá, 1.421, Jardim Novo, em Realengo, das 9h às 15h — quando serviços sociais como banco de empregos, documentação, atendimentos de saúde, odontológico, jurídico e social serão oferecidos. As crianças serão presenteadas com brinquedos, recreação, lazer e educação ambiental.

Os adultos também poderão rezar e se divertir com os shows do Padre Omar, Isaias, Eliana Ribeiro e Emanuel (Canção Nova), Sambandorando, DJ Católico Piedade e com as apresentações do Teatro Comunidade Shalom e do projeto Circo da Baixada.

De acordo com a Arquidiocese do Rio, este evento em Realengo será o primeiro de muitos, pois a ideia é que toda a cidade receba essa presença, com ações diversas, que serão definidas conforme a necessidade de cada comunidade.

– É o Cristo que sai do estático e vai para o povo, levando amor e solidariedade a todos que dela necessitam. Ver essas atividades acontecendo em toda a capital é ver o Cristo vivo, muito mais do que um monumento, mas uma instituição de pessoas, trabalhando pelo bem do próximo –, disse o Reitor do Santuário Cristo Redentor, Padre Omar Raposo.