Europeus e iranianos voltam a discutir questão nuclear

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 27 de novembro de 2005 as 14:41, por: cdb

Grã-Bretanha, França e Alemanha aceitaram a proposta do Irã para retomar as discussões sobre o programa nuclear do país, interrompidas em agosto. Mais cedo, a agência estatal iraniana IRNA publicou notícia onde informava sobre a retomada das negociações e citava um comunicado divulgado pelo Conselho Supremo de Segurança Nacional, que previa a volta das conversas para dezembro. A notícia foi confirmada, neste domingo, por um porta-voz do governo britânico.

– Eu posso confirmar que a carta foi escrita pelos três ministros (da Grã-Bretanha, França e Alemanha) oferecendo a restauração das negociações sobre a questão nuclear – informou o porta-voz.

O chefe das negociações nucleares do Irã, Ali Larijani, escreveu para os três ministros da UE no começo do mês pedindo a retomada das discussões. Um diplomata europeu disse, em Teerã, que a carta enviada pelos ministros afirma que as discussões apenas poderão ser retomadas se o Irã estiver pronto para discutir uma proposta da Rússia apoiada pelos Estados Unidos e pela União Européia.

A proposta permite que o Irã mantenha um programa nuclear civil, mas o processo de enriquecimento de urânio, que pode ser utilizado como combustível para bombas, deveria ser transferido para a Rússia sob uma joint venture. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) decidiu, na quinta-feira, que por enquanto não irá encaminhar a questão do Irã para o Conselho de Segurança da ONU.