EUA explora potencial turístico de Cuba

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de outubro de 2003 as 02:12, por: cdb

Cerca de 40 executivos do setor turístico dos Estados Unidos desafiaram no último domingo a oposição da Casa Branca ao turismo a Cuba e visitaram Havana para explorar o futuro potencial na ilha caribenha.

A visita de um dia culminou com a primeira conferência de turismo entre os Estados Unidos e Cuba, realizada no balneário mexicano de Cancun, que reuniu agências de viagem e empresas de vôo charter americanas interessadas em abrir o mercado cubano.

A visita dos 40 executivos terminou com uma reunião de duas horas com o presidente de Cuba, Fidel Castro, que segundo participantes no encontro, lhes agradeceu pelos esforços para fomentar o turismo americano na ilha.

O Congresso dos Estados Unidos considera pelo quarto ano consecutivo um projeto que eliminaria a restrição de viagens a Cuba, que faz parte do embargo econômico imposto há quatro décadas pelos EUA ao governo comunista da ilha.
 
O presidente George W. Bush, apoiado por setores anticastristas em Miami, prometeu vetar a medida. Mas para a indústria turística americana a abertura do mercado cubano é só uma questão de tempo.