EUA estréiam nova bomba na tentativa de desmoralizar o exército Talebã

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 11 de outubro de 2001 as 11:52, por: cdb

No que autoridades do Pentágono chamaram na quarta-feira de uma tentativa de desmoralizar o Talibã, um caça B-2 jogou na terça-feira uma das mais poderosas bombas convencionais do arsenal da Força Aérea dos Estados Unidos sobre uma concentração de tropas e equipamentos no Afeganistão.

Fontes disseram que a bomba GBU-28, de 2.268 quilos, não foi usada para penetrar em uma casamata, mas simplesmente para dirigir maior poder explosivo ao alvo.

Autoridades afirmaram que a intenção de usar uma bomba tão poderosa era para mostrar aos seguidores do Talibã que estão enfrentando um adversário formidável.

O GBU-28 foi desenvolvido para a operação Tempestade no Deserto, de 1991, a fim de atingir os abrigos subterrâneos das tropas iraquianas, durante a Guerra do Golfo. A bomba pode penetrar até 30 metros no solo.

O Pentágono também informou que uma estação de rádio e televisão militar conhecida como “Comando Solo” havia começado a transmitir sua programação em AM, FM, HF, TV e faixas de comunicações militares para o Afeganistão, na terça-feira.