EUA enviam mais um porta-aviões para a guerra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de outubro de 2001 as 21:15, por: cdb

O porta-aviões Kitty Hawk deixou a base em Toquio, na manhã desta segunda-feira, para se integrar à frota em alguma parte do Oceano Índico, para integrar a campanha militar dos EUA contra o terrorismo, disse um porta-voz.

Os porta-aviões, fabricado há 40 anos e movido à energia nuclear, zarpou da base naval de Yokosuka “para apoiar a operação ‘Liberdade Duradoura’, disse o porta-voz Hidemi Nagao, referindo-se ao codinome da campanha militar desenvolvida pelos EUA contra os autores dos atentados terroristas de 11 de setembro.

O Kitty Hawk deixou Yokosuka em 21 de setembro, mas deverá regressar à base no próximo domingo.

Este é apenas um dos 11 vasos de guerra integrados à 7ª Frota no Pacífico. Além de transportar 70 aeronaves tem um contingente de 5,5 mil homens, entre pessoal de bordo, tropas de desembarque e pilotos.