EUA enviam 2 mil fuzileiros para o Afeganistão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de março de 2004 as 20:14, por: cdb

Os Estados Unidos enviaram cerca de 2 mil fuzileiros navais com treinamento em operações especiais para ficarem perto do Afeganistão, onde a busca por membros da Al Qaeda e do Taliban está se intensificando, disseram autoridades de defesa na quinta-feira. As autoridades informaram que os comandantes norte-americanos ainda não decidiram quantos dos marines enviados pelo Expeditionary Strike Group, que tem sete navios, desembarcarão no país.

O grupo, carregando entre 2 mil e 2.200 marines, deixou a Carolina do Norte no dia 19 de fevereiro para uma missão de seis meses na região do Golfo e chegou lá há poucos dias. “Alguns desses marines vão participar e dar suporte às operações no Afeganistão”, disse uma autoridade de defesa sob condição de anonimato.

Os Estados Unidos, que estão reforçando suas forças no Afeganistão, já têm outros 2 mil marines dentro do território afegão como parte de seu contingente de 11 mil homens no país. Na iniciativa implantada pelo secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, os marines estão sendo treinados para se juntarem às Forças Especiais do Exército na execução das operações que os EUA chamam de guerra global contra o terrorismo.

As forças lideradas pelos EUA caçam o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, a quem responsabilizam pelos ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos.