Eto’o recebe prêmio em Israel por luta contra racismo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de maio de 2006 as 12:59, por: cdb

O atacante camaronês Samuel Eto’o, do Barcelona, recebeu em Israel um prêmio em reconhecimento a sua luta contra o racismo e suas ações humanitárias na África, concedido pelo Centro Peres da Paz.

Eto’o chegou na terça-feira a Tel Aviv como convidado de honra do Centro Peres da Paz, presidido pelo vice-primeiro-ministro israelense, Shimon Peres, e que na última terça organizou uma festa para a arrecadação de fundos em benefício da fundação.

O atacante do Barcelona também aproveitou a ocasião para assinar um acordo entre sua fundação, que promove o esporte na África, e a de Shimon Peres.

O jogador é conhecido internacionalmente por suas ações na luta contra o racismo, especialmente nos campos de futebol, razão pela qual foi agraciado com o prêmio.

Durante a festa para arrecadação de fundos alguns objetos foram leiloados, entre eles um par de chuteiras de Eto’o e objetos autografados por Ronaldo e pelo técnico do Chelsea, o português José Mourinho.

O Centro Peres patrocinou a partida para a Paz disputada em novembro do ano passado, entre jogadores israelenses e palestinos no Camp Nou.

Samuel Eto’o deve participar nesta quarta de um encontro com crianças palestinas e israelenses no estádio Hadar Yosef, de Tel Aviv. Ronaldo fez o mesmo no ano passado, quando visitou o estádio da localidade de Herzliya.

Fontes do Centro Peres da Paz informaram que à tarde o jogador participará de uma partida entre jogadores árabes e judeus de duas equipes rivais (o Beitar Jerusalem e o Bnei Sakhnin) e uma seleção de atores israelenses de um popular programa de televisão.

A partida será disputada no estádio Winter, em Ramat Gan, no norte de Tel Aviv, onde Eto’o será o técnico do combinado de jogadores do Beitar de Jerusalém e do Bnei Sakhnin.
As torcidas das duas equipes já se envolveram em diversos incidentes racistas.