Estudante cearense acusado de matar torcedores depõe na polícia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 17 de outubro de 2003 as 13:30, por: cdb

O estudante universitário Zairton Cavalcante dos Santos Filho (conhecido como Playboy), de 22 anos, presidente da facção Força Jovem Tricolor, do Fortaleza, acusado de ter matado os torcedores do Ceará, José Renato Pena (18 anos) e do Paysandu (PA), Rosivaldo Ferreira (31 anos), deve se apresentar nesta sexta-feira à Polícia. Os torcedores foram mortos a tiros, dentro de uma serigrafia em Fortaleza, há nove dias. Ele teve prisão preventiva decretada pela Justiça. Segundo o pai de “Playboy”, o radialista Zairton dos Santos, seu filho agiu em legítima defesa. Para o jogo de domingo entre Fortaleza x Figueirense, no Castelão, a Polícia vai utilizar detetor de metais.

Já estão recolhidos à sede da Polícia Civil no Ceará quatro torcedores do Fortaleza também acusados de terem participado do assassinato. Os presos são Ricardo Glaydson Cavalcante, Edson Praciano de Sousa, Antônio Pontes de Aguiar Neto e Cícero Flávio Pontes de Oliveira. Zairton Filho, o único foragido, é acusado de ter dados os disparos.