Estilistas capricham nas cores dos sapatos para o próximo verão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de junho de 2004 as 22:38, por: cdb

Estampados ou coloridos, o sapato e a sandália querem chamar atenção no próximo verão. Diversos estilistas apresentaram na 17a São Paulo Fashion Week, que termina nesta terça-feira, modelos exuberantes ou delicados, tanto para looks mais ousados como para pessoas mais discretas.

“O mix de cores e desenhos nos sapatos está forte, e isso é novo mesmo”, disse a editora de moda da revista Elle, Jussara Romão. “Hoje em dia é bem mais bacana, e fácil também, usar um look simples e caprichar nos sapatos e na bolsa.”

Entre os exemplos de estampas estão as criações da designer Franziska Hubener para Reinaldo Lourenço, com tecidos verde e azul, na mesma padronagem da blusa.

Caio Gobbi foi mais radical na cor, propondo botinhas com salto alto na cor prata, com biqueiras estilo caubói prateadas e estrela de xerife rosa.

Cores metalizadas também foram a tônica das sandálias fechadas de Lino Villaventura, nas cores laranja, preta e prateada.

A Cori ficou no meio termo, com brilho mas nem tanto, apresentando sapatos levemente bico fino, saltos delicados em verde e laterais transparentes com pontos coloridos.

Nem todos concordam. A stylist Chiara Gadaleta, que participou de cinco desfiles nesta edição, destacou “os saltos mais grossos, com um estilo meio agressivo e mais masculino” que apareceram no desfile da Uma, de Reinaldo Lourenço e de Marcelo Quadros.

Para os homens, Gadaleta citou os chamados “sapatos biju”, como os de Mário Queiroz, bordados com paetês e miçangas amarelas e brancas.

Para a praia, houve quem apostasse no sapato masculino bicolor (caso da Ellus), no social com paletó e sunga (Ricardo Almeida) ou simplesmente no conforto (chinelos de couro da VR Menswear).

Cores fortes, porém lisas, aparecem na nova linha da Melissa, o estande mais procurado na SPFW, já que os organizadores distribuíram por dia cerca de mil pares do primeiro modelo da marca, conhecido como Aranha, em tom rosa-bebê, recriado para comemorar os 25 anos da empresa.

Alexandre Herchcovitch criou para a Melissa sandálias em cores como o laranja, escondendo os dedos e com amarrações em fios até o joelho.

A marca chamou também os irmãos Campana, que produziram dois tipos de sandálias, uma com salto grosso e outra baixinha. Para tampar os dedos, fios de plástico enredados, como algumas de suas cadeiras mais famosas. Para combinar, uma bolsa no mesmo estilo.

Mas todo cuidado é pouco, avisa o editor de moda Paulo Martinez. “O sapato é a finalização de um look. Um sapato errado dá uma proporção errada para a roupa.”