Estado vende cartões de Natal produzidos por detentos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de novembro de 2005 as 12:13, por: cdb

A Secretaria de Administração Penitenciária começou a vender, nesta terça-feira, às 12h, os primeiros cartões de Natal produzidos por detentos do sistema penitenciário do estado, no primeiro pólo de vendas: o Palácio Guanabara, em Laranjeiras.

As ilustrações foram selecionadas por meio de concurso realizado pela Fundação Santa Cabrini, órgão da secretaria, que contemplou dez finalistas de três unidades do sistema.

Segundo o presidente da fundação, Jaime Melo, a princípio estarão disponíveis para compra 10 mil exemplares – tiragem inicial – no total de mil kits com dez cartões e dez envelopes cada.

Cada kit, contendo as melhores ilustrações, será vendido a R$ 5, em pelo menos sete postos de vendas espalhados pela cidade.

Toda a renda obtida com a venda dos cartões será destinada a projetos de ressocialização e capacitação profissional dos internos.

Entre os projetos que utilizam a mão-de-obra de presos, um promete utilizar nova técnica: serigrafia ou silk screen.

Os internos irão utilizar a técnica para imprimir adesivos, camisetas e plotagem, o que exigirá a melhoria das oficinas, bem como a compra de materiais e equipamentos para o novo investimento. O início da atividade está previsto para 2006.

– Este concurso dos cartões é importante não só pelo valor social mas também pela realização de atividade criativa e reveladora de talentos dentro da clausura das grades. Pretendemos melhorar sempre as condições de trabalho dos internos do nosso sistema com atividades semelhantes – ressaltou Jaime.

De acordo com a fundação até o final da semana os interessados poderão comprar os cartões em mais postos autorizados pela secretaria: portaria da secretaria, na Central do Brasil; Centro Administrativo do Governo do Estado, no Centro; prédio do Metrô, em Copacabana; lojas de artesanato da Fundação Santa Cabrini, no Largo do Machado e na Praça Tiradentes, Centro; além de estande na próxima edição da Feira da Providência, de 1 a 11 de dezembro, no Rio Centro.

No ano passado sete mil cartões foram vendidos para instituições públicas, o que representa 70% da tiragem deste ano.

A estimativa é de que as vendas cresçam a cada ano, em conseqüência do aumento do número de postos.

Em 2004, a Petrobras comprou cerca de três mil cartões que foram distribuídos para os seus prestadores de serviço.

Já na Secretaria de Administração Penitenciária, os cartões foram anexados nas cestas de Natal dos servidores.

Para obter mais informações sobre os locais de venda e as formas para adquirir os cartões os interessados podem entrar em contato com o telefone 2285-7234.

Entrega de prêmios No dia 16 deste mês a Santa Cabrini entregou os prêmios aos vencedores do II Concurso de Cartões de Natal da Seap, no auditório da penitenciária feminina Talavera Bruce, no complexo de Gericinó.

O evento contou com a presença de representantes da escola de samba Beija-Flor, o carnavalesco, Ubiratã da Silva, o Bira, e a historiadora Bianca Vaz Behrends, além do presidente da fundação, Jaime Melo.

Mas não foi apenas o Talavera que teve representantes entre os finalistas do concurso.

A penitenciária Vicente Piragibe, em Gericinó, e a Penitenciária Lemos Brito, no complexo da Frei Caneca, também tiveram seus internos como autores das principais ilustrações.

Na ocasião, o primeiro colocado recebeu como prêmio um par de tênis, o segundo, um ventilador e o terceiro, uma calça jeans.

Os dez melhores autores receberam ainda medalha, diploma de participação e kit de higiene.