Estado contrata professores e melhora atendimento nas escolas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de setembro de 2003 as 00:22, por: cdb

Convocação de profissionais aprovados em concurso, contratações temporárias, concessão de Gratificações por Lotação Prioritária (GLPs) e reorganização de turmas. Com essas ações, implementadas para a adequação das necessidades encontradas nas unidades escolares, o governo do estado conseguiu atingir um índice comparável ao registrado pelos melhores sistemas de ensino: existem hoje 88.426 professores, o que representa um docente para cada 17 alunos na rede estadual de educação.

“Através do acompanhamento permanente da situação das escolas, detectamos as deficiências e elaboramos medidas para solucionar os problemas. A partir dessas ações, estamos conseguindo otimizar a distribuição do quadro docente e já alcançamos uma relação entre o número de professores e o de alunos comparável ao que pode ser encontrado nos países de primeiro mundo. É um índice excelente”, comemorou hoje a secretária estadual de Educação, Darcília Leite.

De acordo com a secretária, através das informações levantadas pelo Sistema Permanente de Gerenciamento de Recursos Humanos, está sendo possível adequar a quantidade de professores à realidade de cada escola, respeitando critérios pedagógicos.

Darcília lembrou também que, para suprir as carências em algumas coordenadorias regionais, a governadora Rosinha Garotinho já havia autorizado este ano a convocação de 564 aprovados no último concurso, além da contratação temporária de 1.469 profissionais para atuar em áreas onde não há concursados disponíveis.

Ontem este número aumentou: a governadora assinou o decreto 33.928, publicado hoje no Diário Oficial, autorizando que mais 3.330 professores sejam contratados sob regime temporário até o final do ano letivo de 2003.

“Essa iniciativa mostra o empenho do governo do estado para garantir o cumprimento do calendário, com 200 dias letivos e 800 horas de atividades, e melhorar a qualidade do ensino oferecido nas 1.882 escolas da rede estadual”, destacou a secretária, informando ainda que também foram concedidas 23.259 GLPs para 18.075 matrículas, ampliando a jornada de trabalho desses profissionais para atender à demanda.

Com a concessão das GLPs e as contratações já efetuadas este ano, o quadro docente do estado totaliza hoje 88.426 professores (excetuando-se os novos 3.330, que ainda serão selecionados) e o número de alunos matriculados é de 1.524.000.