Estação de ônibus de BH é fechada após tumulto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de março de 2007 as 11:09, por: cdb

A Estação Diamante, em Belo Horizonte (MG), foi fechada na manhã desta segunda-feira por causa de um tumulto provocado pela greve de funcionários da Viação Betânia.

Funcionários da empresa teriam furado os pneus dos veículos para impedir que os motoristas que não aderiram à paralisação fizessem as viagens. De acordo com a empresa que administra o transporte na cidade, a BHTrans, os passageiros ficaram revoltados com a greve e apedrejaram os coletivos. Cerca de 20 ônibus, inclusive de outras empresas, ficaram destruídos.

Durante pelo menos duas horas, nenhum ônibus saiu da estação. A BHTrans informou que ninguém ficou ferido. A Companhia de Policiamento do Trânsito (CPTran) e o Batalhão de Eventos da Polícia Militar (PM) tentaram conter os manifestantes.

Cerca de 40 mil pessoas passam diariamente pela Estação Diamante. Usuários de 26 linhas estão prejudicados com o fechamento do local.

A Viação Betânia é responsável por linhas que atendem os bairros Palmeiras, Alípio de Melo, Inconfidência, Estrela do Oriente, São Salvador, Savassi, Belvedere, Santa Efigênia, Estoril e a região dos hospitais.

Essa é a quarta paralisação de empresas de ônibus em menos de 20 dias. Entre as reivindicações dos rodoviários está a redução de 40 minutos na jornada de trabalho.