Esportes discute área para treinamento de badminton no Cear

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 15:47, por: cdb

Esportes discute área para treinamento de badminton no Cear

29/02/2012 – 18:34

  

 

Maria Finetto

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e a Confederação Brasileira de Badminton estão tratando a possibilidade de implantar uma área de treinamento no Centro Esportivo de Alto Rendimento (Cear). A proposta foi discutida na manhã desta quarta-feira, dia 29 de fevereiro, em reunião entre o secretário de Esportes e Lazer, Caio Carneiro Campos, e o presidente da
Confederação Brasileira de Badminton, Alexandre Augusto Sampaio, o conselheiro, José Roberto Santini Campos e assessores.

 

Foi agendada para segunda-feira, dia 5 de março, uma visita ao Cear para que os diretores da entidade conheçam o local, vejam os espaços que possam ser viabilizados para a área de treinamento e tratem dos detalhes para a concretização da parceria.

“O objetivo é fomentar o badminton, um esporte muito praticado em todo mundo, porém pouco conhecido. Queremos difundir e popularizar o esporte na cidade e também junto aos jovens já que a modalidade é fácil de se adaptar em ambiente escolar”, disse o secretário Campos.

“Os atletas já estão em Campinas e o que falta é uma área de treinamento e, com o fomento nas escolas, tornar Campinas em um grande centro de excelência do badminton”, disse José Roberto Santini Campos. A princípio, explica ele, a área de treinamento precisa ter no mínimo seis quadras com disponibilidade para treinamento de alto rendimento.
 

Num segundo momento, os parceiros trabalharão o fomento do esporte junto às bases. Para os dirigentes da Confederação, o projeto demandaria curto a médio prazo. Os parceiros propõem buscar recursos junto ao Ministério de Esportes para a construção do novo espaço no Cear.

Referência

Campinas é referência no badminton nacional representada hoje por quatro equipes – Sankalp, Fonte São Paulo, Seareiros e Hípica, com atletas campeões em torneios sulamericanos em 2011 e, entre eles, com índices para Olimpíadas, como é o caso de Daniel Paiola, o terceiro colocado nos Jogos Panamericanos de Guadalajara de 2011. O projeto de Badminton Sankalp/Fonte conta há dois anos com recursos do Fiec (Fundo de Investimento Esportivo de Campinas, instituído pela Secretaria de
Esportes e Lazer.

Atletas como Leonardo Alkimin, Victor Moretti, Ana Paula Campos são beneficiados pelo projeto de Badminton Sankalp/Fonte/Fiec (Fundo de Investimento Esportivo de Campinas). A própria Confederação Brasileira de Badminton também tem sede na cidade e é a única entidade de
modalidade olímpica fora de uma capital.

Comments are closed.