Especulação volta a elevar o preço do petróleo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de maio de 2006 as 10:23, por: cdb

Apesar das declarações do secretário-geral interino da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Mohammed Barkindo, de que os mercados mundiais de petróleo e produtos estavam bem abastecidos, o preço do petróleo subiu em mais de US$ 1, para US$ 65,10 por barril nesta segunda-feira, dias antes da reunião extraordinária de ministros que começa em Caracas nesta quinta-feira.

A alta foi de US$ 1,19 sobre a cotação de US$ 63,91 por barril de quinta-feira, quando o barril havia caído US$ 0,57, informou nesta segunda-feira a secretaria do cartel em Viena. Segundo analistas da empresa de consultoria PVM, a especulação sobre se os ministros de Energia e Petróleo dos 11 países-membros aprovarão um corte da produção mantém a expectativa no mercado.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, reiterou seu voto a favor de restringir a produção, enquanto países como Argélia e Irã defendem a manutenção da cota atual. Apesar de haver reservas suficientes de petróleo na maioria dos principais países consumidores, predomina a preocupação sobre possíveis problemas nas áreas de crise de Nigéria, Irã e Iraque.