Espanha prende suspeitos de ajudar a financiar a A Qaeda

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de março de 2003 as 13:24, por: cdb

A Espanha disse neste sábado ter prendido cinco militantes islâmicos suspeitos de ajudar a financiar a rede Al Qaeda de Osama bin Laden.

Agentes da guarda civil prenderam na sexta-feira quatro espanhóis em uma operação auxiliada por policiais franceses e alemães, e investigadores dos Estados Unidos, Tunísia, Portugal e Suíça. O quinto suspeito detido é paquistanês.

Fontes na justiça espanhola disseram que acredita-se que os suspeitos detidos participaram do atentado contra a sinagoga El Ghriba na ilha de Djerba, no sul da Tunísia, em abril do ano passado. Cerca de 20 pessoas morreram, entre elas 14 turistas alemães. O Ministério do Interior não informou se eles são suspeitos do atentado.

A polícia está investigando “possíveis crimes como lavagem de dinheiro e o envio de fundos ilegais para vários países e para redes e organizações que pertencem à Al Qaeda”, disse o ministro do Interior, Angel Acebes, em uma entrevista coletiva.

Desde 11 de setembro de 2001 – data dos ataques com aviões aos Estados Unidos – 40 suspeitos de pertencerem a Al Qaeda foram presos na Espanha.