Escolas de samba do Rio distribuirão 6.500 ingressos gratuitos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 18 de outubro de 2003 as 11:31, por: cdb

A Empresa Municipal de Turismo do Rio (Riotur) e a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), que organizam os desfiles das grandes escolas do Grupo Especial, divulgaram o esquema de venda dos ingressos para o carnaval de 2004. A arquibancada do setor 1, no início da pista de desfile, não será vendida. As escolas de samba receberão 6.500 ingressos para distribuir em suas comunidades.

As arquibancadas dos setores 6 e 13, localizadas no final do desfile, na área conhecida como Apoteose, custarão o mesmo do carnaval do ano passado, R$ 10, para os desfiles de domingo e segunda- feira, e R$ 5 no desfile das campeãs. Para maior conforto do público, todas as cadeiras de pista destes setores serão trocadas.

As reservas para os camarotes serão feitas entre os dias 22 e 28 próximos. Já as frisas poderão ser reservadas entre 17 e 21 de novembro. Os camarotes têm preços variando entre R$ 11.800 para 12 pessoas, no setor 4, e R$ 47 mil para 20 pessoas, no setor 7-A . As pessoas físicas podem adquirir até duas unidades e as jurídicas até oito camarotes. As reservas serão feitas pelo fax (21) 21.22.8080, das 9 às 18 horas. Para agilizar a recepção dos documentos exigidos, o sistema será operado por meio de call center pela Empresa Brasileira de Negócios e Associados, que disponibilizará seis posições simultâneas de atendimento pelo fax.

Os turistas também ganharão mais espaço para assistir os desfiles do Grupo Especial. Além do setor 9 e dos mil ingressos disponibilizados para os visitantes no setor 7, o setor 11 volta a ser reservado para eles. A definição se deve principalmente a quantidade de navios atracados no Píer da Praça Mauá no período de carnaval. Nos dias 22 e 23 de fevereiro, quatro dos maiores navios do mundo estarão ancorados no Rio de Janeiro.

Da mesma forma que os camarotes, as frisas serão reservadas no mesmo call center, de 17 a 21 de novembro, das 9 às 18 horas, com previsão de pagamento de 50% de sinal entre os dias 8 e 12 de dezembro e o restante até 30 dias após o sinal. Para o carnaval de 2004 foram criadas frisas especiais, de quatro lugares, nos setores 6 e 13, custando R$ 800 reais por dia de desfile e com pagamento à vista. As demais frisas localizadas nos setores 3, 4, 5, 7, 9 e 11 são para seis lugares e preços variando entre R$ 2.300 e R$ 5 mil, nos dois dias de desfile.