Escolas de Samba aproveitam Desfile das Campeãs para protestar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de março de 2003 as 16:37, por: cdb

Neste sábado, às 20 horas, no Sambódromo do Rio, o desfile das escolas de samba campeãs de 2003 terá a Mangueira realizando um protesto contra a pontuação dos jurados.

Conforme ocorre nos últimos anos, a apresentação será aberta por uma agremiação italiana com 300 integrantes, com a novidade de que ao contrário de passarem pela avenida em apenas uma alegoria com os integrantes jogando bichos de pelúcia para o público presente, os italianos, este ano, desfilarão divididos em 10 alas, como as escolas de samba brasileiras.

Em seguida se apresenta a sexta colocada no grupo especial, a Viradouro, que este ano homenageou a atriz Bibi Ferreira. A Mocidade Independente de Padre Miguel será a segunda a se apresentar. Os integrantes da bateria prometem um protesto contra as notas baixas (8,9 e 8,2) que receberam de dois jurados. Eles devem desfilar com uma tarja preta. Classificada em quarto lugar, a Imperatriz Leopoldinense entra a seguir.

A Grande Rio quer aproveitar muito bem o desfile. É a primeira vez que a escola se classifica entre as seis mais bem colocadas do carnaval do Rio e pode participar do desfile das campeãs. A Mangueira também promete desfilar com protestos. As duas notas abaixo de dez para bateria (9,9 e 9,8) e uma para a comissão de frente (9,5), que com truques de ilusionismo teve o bailarino Carlinhos de Jesus levitando na avenida, revoltou os integrantes da escola. A direção da agrtemiação considerou injusta a decisão dos jurados. O mestre Russo responsável pela bateria chegou até a pedir demissão em função da nota.

A última a entrar na avenida será a Beija-Flor de Nilópolis que deve fazer uma apresentação diferente da 2ª feira. A escola, que pretendia executar no sambódromo algumas “paradinhas” da bateria e mudanças de ritmos incluindo até um xaxado, segundo os integrantes da comissão de carnaval, preferiu evitar as novidades com receio de prejudicar a apresentação e perder pontos. Hoje, com o campeonato garantido, a bateria da escola deve inovar na avenida.