Equipes resgatam com vida 11 mineiros russos presos há seis dias

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de outubro de 2003 as 11:28, por: cdb

Equipes de resgate na Rússia encontraram vivos nesta quarta-feira 11 dos 13 mineiros presos no subsolo de uma mina no sul do país há seis dias.

Um dos 11 homens encontrados na mina de Zapadnaya, na província de Rostov, estava gravemente ferido. A morte de um outro mineiro foi confirmada e um 13º permanece desaparecido.

Em meio ao resgate, um segundo incidente foi registrado no leste da Sibéria – uma grande explosão sacudiu uma mina e deixou pelo menos três mineiros mortos.

As primeiras informações indicam que a explosão na mina, que fica na cidade de Partizansk, foi provocada por gás metano. Sessenta e quatro pessoas trabalhavam a uma profundidade de 750 metros.

Túnel

Em Zapadnaya, as equipes de resgate conseguiram chegar aos mineiros presos depois de escavar um túnel a partir de uma mina vizinha, e fazer um pequeno buraco na parede da galeria onde acreditavam que os mineiros estavam. Um bolsão de ar havia se formado no local.

Ao longo da operação de resgate, a tensão aumentava à medida que o tempo passava e houve sugestões de que os trabalhos de busca seriam suspensos.

O próprio presidente da Rússia, Vladimir Putin, telefonou para saber o que estava provocando a demora do resgate.

As equipes abriram caminho removendo rocha e carvão por mais de 50 metros.

Durante os trabalhos, ainda foi constatada a infiltração de água de um lago subterrâneo que ameaçava inundar a mina. Havia preocupação de que o oxigênio no subsolo se tornaria escasso.

Cenas de emoção

No total, 46 mineiros ficaram presos na mina, a uma profundidade de 800 metros. No sábado, 33 homens foram trazidos à superfície, o que provocou cenas emocionadas entre os parentes que se concentraram junto à abertura da mina.

O diretor da mina, Vasily Avdeyev, que havia começado no emprego no dia em que o acidente ocorreu, estava entre os 13 mineiros presos. As autoridades locais não revelaram se Avdeyev está entre os mineiros resgatados.

Acidentes são freqüentes nas minas de carvão da Rússia e da Ucrânia, antiga república soviética. Além dos riscos inerentes ao trabalho, os mineiros se queixam da deterioração das condições de segurança.

Em fevereiro, um incidente parecido na mina de Zapadnaya foi atribuído à falta de serviços de manutenção, o que teria resultado na formação do lago subterrâneo.