EQUADOR IMPÕE NOVAS RESTRIÇÕES À VISITAÇÃO DE GALÁPAGOS

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 12:17, por: cdb

QUITO, 29 FEV (ANSA) – As Ilhas Galápagos, no Equador, consideradas um dos últimos paraísos terrestres acessíveis no mundo, passam a ter a partir deste mês uma nova legislação que busca um turismo cada vez mais sustentável e responsável.
   
As novas regras estabelecidas pelo governo do Equador ditam, principalmente, a respeito das embarcações – pequenos iates à vela ou a motor e navios maiores de expedição -, que poderão realizar o mesmo trajeto, pré-aprovado pelo Parque Nacional das Galápagos, apenas uma vez a cada 14 dias.
   
O arquipélago responde por 15% dos turistas que viajam ao Equador, mas o objetivo é reduzir o número de visitantes em cada ilha para proteger seu frágil ecossistema.
   
Situadas no Oceano Pacífico, a mil quilômetros da costa ocidental da América do Sul, Galápagos compreendem 14 ilhas vulcânicas, algumas com quatro milhões de anos e outras ainda em formação. (ANSA)