Épico ‘Os Lusíadas’ é traduzido para língua indiana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 3 de novembro de 2003 as 16:54, por: cdb

A obra épica de Luís Vaz de Camões “Os Lusíadas” foi traduzida pela primeira vez para concani, uma das 18 línguas oficiais da Índia, pelo vice-chanceler da Universidade de Goa, Olivinho Gomes.

O concani é a língua franca de Goa e usa dois alfabetos distintos: devnagiri (alfabeto indiano) e romano.

Com 780 páginas, o livro, que levou cinco anos para ser traduzido, foi apresentado no consulado português em Goa pelo linguista Manoharai Sardessai na presença do cônsul, Miguel Calheiros Velozo.

– Como estudante em Goa, tive de ler Os Lusíadas e fiquei apaixonado pela obra de Camões e por isso decidi traduzir para que os meus compatriotas possam beneficiar da riqueza do texto – afirmou à agência Lusa Olivinho Gomes, que já em 1992 tinha traduzido “A Mensagem”, de Fernando Pessoa.

Para o cônsul português, o “excelente trabalho” de tradução feito por Olivinho Gomes contribuirá para a “aproximação das duas culturas” e constitui um passo para que os Lusíadas possam ser traduzidos para outras línguas indianas.