Entrega de título de posse do Morar Feliz com data marcada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 09:24, por: cdb

A secretária da Família e Assistência Social, Izaura Freire, e o secretário de Governo, Geraldo Pudim, além de representantes destas e de outras secretarias, se reuniram nesta segunda-feira (26) para discutir a data de entrega dos títulos de posse para as famílias que foram contempladas com as casas do Programa Morar Feliz. Durante dois meses, as secretarias da Família e Assistência, Governo e Saúde, fizeram mutirão nos 12 conjuntos habitacionais do programa, como forma de preparar as famílias para o recebimento do documento.

Inicialmente, a entrega do título de posse está marcada os primeiros dias do mês de maio, no Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop), com a participação de diferentes secretarias envolvidas no processo de construção das casas e no acompanhamento das famílias após a mudança para a nova moradia. Cerca de quatro mil famílias vão receber o titulo de posse.

O secretário Geraldo Pudim, explica que houve uma preparação das famílias, em termos de documentação, para o recebimento do título, levando-se em consideração que muitas pessoas não tinham, sequer, documento de identidade. “Fizemos um grande mutirão nos conjuntos habitacionais e, nestes dias, até o cartão de vacinação das crianças procuramos colocar em dia”, completa o secretário de Governo.

A secretária Izaura Freire considera muito importante a identificação do verdadeiro proprietário do imóvel e faz um alerta: “Aquele cidadão que, por ventura, vendeu seu imóvel, automaticamente perdeu a oportunidade de receber  o titulo da casa própria. Estamos acompanhando tudo através dos nossos síndicos”, afirma a secretária.
– O título definitivo representa para esses moradores a regularização fundiária, proporcionando a total legalidade de suas propriedades. Essa ação faz parte do trabalho da Prefeita Rosinha Garotinho, para o desenvolvimento ordenado dos bairros, com uma política urbana que garante condições básicas, com infra-estrutura e cidadania – Acrescenta Izaura Freire

Morar Feliz – Não existe no interior do Brasil nenhum programa habitacional como o Morar Feliz, que já retirou cerca de 20 mil famílias de áreas de risco. É um projeto de cidadania, com moradias dignas, dotadas de água potável, saneamento básico, iluminação, entre outros. Além disso, 10% dessas casas foram entregues a moradores que têm algum tipo de deficiência, ou seja, com total acessibilidade. “O governo Rosinha oferece casas e, ainda, dá oportunidade a população campista para se inserir no mercado de trabalho, através de diferentes cursos”, finaliza o secretário de Governo, Geraldo Pudim.

Postado por: Thábata Ferreira – 27/03/2012 12:09:00

Últimas Notícias…