Energia no Rio sobe 28,56% nesta terça-feira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de dezembro de 2002 as 18:08, por: cdb

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou um reajuste de 28,56% nas tarifas de energia da Cerj, distribuidora que atende 66 municípios do interior do Estado do Rio de Janeiro. As novas tarifas entram em vigor nesta terça-feira. Segundo nota distribuída pela Aneel, a Cerj havia solicitado um reajuste de 33,20%.

Futuro secretário de Energia, Indústria Naval e Petróleo do governo de Rosangela Matheus, Wagner Victer taxou de “absurda” a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de autorizar reajuste de 28,56% nas tarifas da Cerj.

– É um escárnio. Esse percentual está acima de qualquer indicador aplicável na economia – protestou.

No início do mês, a governadora eleita do Rio tinha encaminhado um pedido à Aneel para que só autorizasse o aumento de tarifa depois que a Cerj cumprisse algumas exigências. Entre elas, a de colocar agências em cidades cujo fornecimento é de sua responsabilidade mas onde ainda não existem postos de atendimento ao cliente.

– A Cerj atende os 66 municípios mais pobres do estado e em muitos deles não tem agência, o que faz com que os consumidores tenham que viajar de uma cidade para outra – disse Victer.

Segundo o futuro secretário, a Aneel não comunicou a decisão de autorizar o reajuste nas tarias de energia da Cerj ao governo eleito e nem ao atual, “esquecendo-se do princípio federativo”.