Encontro de Hillary e Obama chama atenção dos norte-americanos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de março de 2007 as 12:41, por: cdb

Pré-candidatos rivais do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton e Barack Obama fizeram campanha no mesmo lugar, pela primeira vez, neste domingo e ocuparam os destaques políticos do noticiário nos jornais norte-americanos desta segunda-feira. Os dois participaram de eventos em Selma, no Alabama, para marcar o aniversário da marcha pelos direitos civis dos negros iniciada na cidade em 1965, que terminou reprimida pela polícia.

A visita de ambos está sendo vista como uma tentativa de conquistar votos essenciais dentro da comunidade negra norte-americana. Pesquisas de opinião mostram que Obama vem ganhando terreno entre esses eleitores, mas Hillary ainda segue à frente. Em duas igrejas próximas uma da outra, os dois pré-candidatos discursaram para uma platéia de congregados, quase simultaneamente.

– Estou nos ombros de gigantes – disse Obama na igreja usada como base pelo líder Martin Luther King antes da marcha.

– Estou aqui porque alguém marchou pela liberdade. Estou aqui porque todos vocês se sacrificaram por mim – afirmou.

Hillary Clinton foi a uma igreja batista e lembrou a coragem daqueles que saíram às ruas em 1965. Ela disse que os Estados Unidos ainda enfrentam injustiças.

– Ainda temos uma marcha por terminar. Nosso futuro é muito importante. E cabe a nós trazê-lo de volta. Vamos colocá-lo em nossas mãos e começar a marchar em direção a um amanhã melhor – disse ela.

Hillary foi acompanhada pelo marido, o ex-presidente Bill Clinton. Esta foi a primeira vez que a pré-candidata usou a imensa popularidade do marido entre os afro-americanos para tentar alavancar sua campanha. Os eventos deste domingo mostram que tanto Hillary quanto Obama estão tentando se associar ao legado de direitos civis em uma dura batalha pela nomeação dentro do Partido Democrata.