Enchentes no Acre: Jorge Viana pede agilidade na transferência de recursos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 09:19, por: cdb

Qui, 01 de Março de 2012 11:14

Em discurso no Plenário nesta quarta-feira (29), o senador Jorge Viana (PT-AC) lamentou a burocracia que retarda a transferência de recursos para estados em caso de calamidade. O senador deu como exemplo a situação da população do Acre, que enfrenta dificuldades por conta das enchentes. De acordo com Jorge Viana, apenas R$ 1 milhão chegou ao Acre desde que começaram as cheias, o que mostra, conforme afirmou, que é preciso reestruturar a Defesa Civil.

– A burocracia impede que a ajuda chegue logo. Eu lamento que o Brasil ainda trate com certo descaso a Defesa Civil – disse o senador.

O senador agradeceu a solidariedade dos colegas senadores com a situação do povo do Acre e registrou que a situação não saiu do controle devido à dedicação de setores da sociedade, da Prefeitura de Rio Branco, do governo do estado e do governo federal. O parlamentar informou que, dos 22, municípios do estado, oito estão em estado crítico.

Jorge Viana também relatou que a bancada do Acre se reuniu nesta quarta-feira com a ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. Segundo o senador, os oito deputados federais e os três senadores pediram urgência na transferência de recursos para o estado.

– Estou indo para Rio Branco amanhã [quinta-feira] e espero levar boas notícias para os atingidos pelas enchentes – concluiu.

Da Redação / Agência Senado