Emissora de televisão de Beirute sofre atentado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 15 de junho de 2003 as 14:13, por: cdb

As instalações de uma emissora de televisão de propriedade do primeiro-ministro libanês, Rafic Hariri, em Beirute foram alvos de disparos de foguetes na madrugada de sábado para domingo, num atentado qualificado de “tentativa de desestabilização” pelas autoridades libanesas.

O ataque, sem precedentes desde o fim da guerra (1975-1990), não reivindicado e, segundo os especialistas, preparado por profissionais, teve como alvo a emissora de televisão Al Mustaqbal de Hariri. A explosão causou danos, mas não deixou vítimas.

Dois foguetes de 107 mm explodiram na sede do canal, danificando os equipamentos dos principais estúdios da emissora e da rádio Al Sharq, que também pertence a Hariri. No entanto, os programas da televisão e da rádio não foram interrompidos.

Os primeiros elementos da investigação concluíram que os dois foguetes foram disparados de um carro com placas falsas, segundo fontes policiais.