Embargo russo à carne pode ser suspenso até o fim do mês

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 as 17:10, por: cdb

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, acredita que o embargo à carne bovina e suina por parte da Rússia será suspenso ainda este mês. A medida pode sair mesmo antes da visita que técnicos brasileiros farão àquele país dentro de três semanas para tratar exatamente do comércio de carnes, informou ele.

O governo russo comunicou nesta sexta-feira ao governo brasileiro a suspensão ao embargo à carne de frango.

– Isso foi uma grande vitória, porque foi uma luta contínua – disse Rodrigues.

Todavia, considerou a manutenção do embargo à carne bovina e suína uma atitude sem fundamento técnico.

– Continuo achando ainda que não há razão técnica para o embargo – frisou.

O ministro avaliou como positivo o fato dos russos terem enviado hoje ao governo um conjunto de questionamentos relativos à produção de carne bovina e suína. As respostas, assegurou, serão enviadas na próxima semana. Rodrigues comemorou ainda a suspensão ao embargo da carne de frango pela Espanha, anunciada hoje. A medida vigorava desde setembro de 2004

Segundo o ministro a balança comercial não chegou a ser prejudicada em função dos embargos russo e espanhol. Rodrigues informou que durante o embargo russo, que teve um foco de febre aftosa no Pará como pretesto, o país continuou comprado carne de Santa Catarina, estado livre da doença. Entretanto, o ministro reconheceu que a decisão de suspender as importações no ano passado acarretou algum prejuízo para estados exportadores como é o caso do Rio Grande do Sul e Paraná.