Em conversa com Dilma, presidente sul-africano destaca parcerias com o Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de março de 2012 as 08:32, por: cdb

Karla Wathier e Renata Giraldi
Repórteres da EBC

Nova Delhi (Índia) e Brasília – A presidenta Dilma Rousseff se reuniu hoje (28) com o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, em Nova Delhi, na Índia, no intervalo entre a cerimônia em que recebeu o título doutora honoris causa e o jantar oferecido pelo governo indiano. Na conversa, Zuma disse estar confiante na criação do banco de desenvolvimento do Brics – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

A proposta de criação do banco do Brics é defendida pelos indianos como forma de incentivar os mecanismos de financiamentos e estímulos no bloco. A ideia é que a nova instituição bancária seja uma espécie de alternativa ao Banco Mundial e ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, disse que a conversa de Dilma com Zuma durou cerca de 50 minutos. Ambos comemoraram os avanços nas negociações para ampliar parcerias econômicas e comerciais.

O presidente sul-africano citou o acordo entre a empresa Invepar e de sua operadora sul-africana, ACSA, para administrar a concessão do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O prazo de concessão chegará a 20 anos.

A presidenta chegou ontem (27) à Índia onde fica até sábado (31). Dilma participa da 4ª Cúpula do Brics – bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Nas reuniões estarão presentes além de Dilma e Zuma, o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, e os presidentes Hu Jintao (China) e Dmitri Medvedev (Rússia).

Edição: Talita Cavalcante