Edmundo se coloca à disposição do técnico Ricardo Gomes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de abril de 2004 as 20:07, por: cdb

O atacante Edmundo se colocou à disposição do técnico Ricardo Gomes para atuar no meio-campo contra o Grêmio, na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil. O jogador reconheceu que ainda não está em sua forma ideal, mas afirmou que sua preferência é mesmo pelo ataque.

– No momento, não estou 100% nem física nem tecnicamente. Eu mesmo tenho dúvidas em qual posição posso render melhor agora. Mas quando estiver 100% não tenho dúvida, ajudo mais na frente – garantiu Edmundo.

Caso atue mais recuado, Edmundo terá algumas recomendações defensivas. O atacante não se incomoda de ter que fugir um pouco das suas características.

– Para mim não tem qualquer problema marcar o volante adversário. Mas é mais fácil eu mostrar isso em campo do que tentar explicar como vou atuar – disse.

Já Ricardo Gomes deixou para o treino coletivo da próxima segunda-feira a definição de quem será o goleiro titular do Fluminense. A tendência é que Fernando Henrique volte para o banco de reservas e Danrlei finalmente faça a sua estréia com a camisa tricolor.

– A minha preocupação era chegar no Brasileiro com três goleiros com confiança. Agora tenho o Danrlei, o Fernando Henrique e o Kléber. Segurei o Danrlei para que ele entrasse em forma. Ele estava sem tempo de bola, lento. Agora não, é outra coisa, e está em condições de jogar – disse Ricardo Gomes.

O atacante Marcelo, por outro lado, sentiu a virilha esquerda desfalcará o Fluminense na partida contra o Grêmio. Segundo o médico do clube, Michael Simoni, pelo exame clínico é quase certo que o problema seja um estiramento.

– Nunca tive uma lesão dessas. Infelizmente isso aconteceu agora, que eu estava em boa fase – lamentou Marcelo, artilheiro do Flu na temporada com nove gols.

A provável opção do técnico do Fluminense, Ricardo Gomes, pelo 3-5-2 contra o Grêmio agradou ao meia Ramon. O jogador acredita que, com um esquema com três zagueiros, poderá encostar mais no atacantes.

– Para mim está sendo muito bom, pois estou tendo mais liberdade para chegar à frente. Vou poder encostar mais na área – afirmou Ramon.