Edílson entra no lugar de Ronaldo no ataque de Felipe Scolari

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 2 de outubro de 2001 as 11:47, por: cdb

O atacante Ronaldinho foi cortado da seleção brasileira que, no dia 7 de outubro, enfrenta o Chile pelas eliminatórias da Copa do Mundo. O jogador foi submetido nesta terça-feira a uma nova avaliação pelo médico da CBF, José Luis Runco, e autorizado a voltar para a Itália para continuar o tratamento da lesão muscular na perna direita. Por conta da contusão, Ronaldo deverá ficar afastado dos gramados por cerca de duas semanas. O atacante deve viajar para Milão ainda hoje. O técnico Luiz Felipe Scolari decidiu chamar Edílson, do Flamengo, para a vaga.

O atacante Ronaldo, da Inter de Milão, tem um estiramento de sete milímetros no músculo posterior da coxa direita e terá de ficar em repouso até o início da próxima semana. “Foi uma lesão de grau mínimo. Só não foi grau zero porque isso não existe”, disse o assessor do jogador Rodrigo Paiva.

A presença do jogador na concentração aconteceu, ainda segundo seu assessor, porque “ele queria participar desse momento da Seleção”.