Dúvidas no ar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 16 de outubro de 2003 as 12:57, por: cdb

A vereadora Verônica Costa, recém-filiada ao PMDB de Garotinho, reclamou, no plenário na Câmara Municipal, que a Prefeitura proibiu a realização de um baile funk que ela promoveria no Salgueiro.

Deixou no ar a dúvida se o baile realmente ultrapassava o limite permitido de decibéis ou representaria uma intempestiva reação do prefeito Cesar Maia à sua saída da base governista.

Vários vereadores garotistas saíram em defesa da colega funkeira. O neopeemebedista Rodrigo Betlhem foi o primeiro a colocar o assunto em pauta, antes mesmo de Verônica.

Pedro Porfírio (PDT) fez uma provocação. Afirmou que a vereadora precisava mesmo de tantas defesas porque não costuma aparecer nas sessões de votação na Câmara, ao que ela reagiu, afirmando que marca presença assídua.

A coluna sabe que, realmente, Verônica sempre acessa o painel de controle de freqüência. Raramente, porém, vota algum projeto no plenário.

RADICAL CHIQUE
A senadora Heloísa Helena enfrentará o PT de Alagoas para lançar candidatura à Prefeitura de Maceió. O partido já avisou que fará tudo para não permitir, nem que para isso faça aliança com o PSB, do governador Ronaldo Lessa, e perca a oportunidade de disputar a vaga.

ZERO PARA SAMSUNG
Quem quiser padecer em filas de espera e amargar grosserias, anote e depois confira: vá a uma loja de assistência técnica da Samsung, no Rio.

Este espaço é pequeno para descrever a via-crúcis percorrida por um usuário para obter orçamento e conserto do seu aparelho celular.

O titular desta coluna é testemunha.

PRETENSÃO
Mesmo com o ministro Ciro Gomes cada vez mais distante, o PPS pretende aumentar substancialmente o número de cidades administradas pelo partido. Decidiu lançar candidatos próprios a prefeito em 1.100 dos 1.500 municípios brasileiros com mais de 20 mil habitantes.

No Rio, a deputada Denise Frossard (PSDB) disse que vai buscar apoio do PPS.

MAIS ARROCHO
O fundo de pensão Previndus anunciou aumento de contribuição, este mês, para as pessoas já aposentadas, de 8% para 13%. Também os patrocinadores – Sesc, Sesi, Firjan e outros – terão de elevar seus repasses ao fundo, para suprir carências detectadas pelos atuários.

Em época de vacas magras, os aposentados roem os ossos.

NO BOTÃO
Se é simples para o cidadão comum, para o relojoeiro nem tanto.

Neste domingo, terão de adiantar os ponteiros de todos os relógios da loja.

A tecnologia, porém, facilitará a vida de Marcelo Cavalcanti, gerente da Clear, responsável pelos 170 relógios eletrônicos da cidade. Ele vai apenas supervisionar o ajuste automático programado nos equipamentos via computador.

ENGANOSA
O Governo de Portugal suspendeu a campanha publicitária para a Eurocopa-2004 na Time, após a revista publicar matéria da presença das prostitutas do Brasil na cidade de Bragança, que teve ampla repercussão na mídia portuguesa.

De acordo com a famosa revista americana, as moças brasileiras, para escapar da pobreza do próprio país, se instalaram na pequena cidade no Nordeste de Portugal, escandalizando a sociedade local.

ENGANOSA – 2
A campanha, para atrair turistas para a Eurocopa, em junho do ano que vem, tem o tema: “Em Portugal, o tempo extra é sempre a melhor parte do jogo”.

As autoridades lusitanas, não querendo dar motes para piadas, temem que o “tempo extra” possa ser encarado como alusão aos prazeres da carne.

PAULEIRA
Funcionários da Prefeitura de Montreal, no Canadá, começaram a limpar ontem as ruas do Centro da cidade dos destroços deixados na noite anterior por um grupo de jovens revoltados com o cancelamento de um show de rock punk.

Segundo testemunhas, os baderneiros criaram uma atmosfera digna de Beirute nos tempos de guerra civil.

HÁ 30 ANOS
Em 16 de outubro de 1978, Karol Wojtyla, cardeal de Cracóvia (Polônia), foi eleito o 264o papa da Igreja Católica, após a morte de João Paulo I.

Joã